Já pensou em
mudar a forma
com que você
se relaciona com 
a comida?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Renata Rodrigues de Oliveira

nutricionista

CRN 2541

 

 

 

Sempre me preocupei com  a forma física, com hábitos
alimentares saudáveis e em ter autonomia para envelhercer com saúde, por isso me formei em nutrição.

 

A conscientização da importância de se alimentar corretamente e  sua influência positiva na saúde e no  controle de peso me levou a fazer aulas de culinária, cursos relacionados à obesidade e cirurgia bariátrica e especializações complementares, para que o tratamento dos meus pacientes seja completo, eficaz e o mais importante: duradouro.

 

Acredito que comer bem é mais simples do que muitos imaginam. Sabe aquela comidinha caseira que todo mundo gosta? É bem por aí.

 

Sou formada em Nutrição pela UNI-BH em 2004 e pós-graduada em:

 

Nutrição Clínica (Faculdade São Camilo),

Fisiologia do Exercício Avançada (Instituto Aleixo),

Obesidade e Emagrecimento (Estácio de Sá),

Alimentos Funcionais e Nutrigenômica (Estácio de Sá),

Musculação e Condicionamento Físico (Estácio de Sá),

Manuseio Nutricional na Cirurgia Bariátrica (Faculdade    Integrada Unyleya),

Gastronomia Contemporânea (Faculdade Metropolitana),

Pós-graduanda em Farmacologia Aplicada à Nutrição (Faculdade Metropolitana).

 

Também sou membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM). 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ESPECIALIDADES

 

rro0004_imagens_018.jpg
 
REEDUCAÇÃO ALIMENTAR NO TRATAMENTO DA OBESIDADE E DOENÇAS ASSOCIADAS

 

Já pensou em mudar a forma
de se relacionar com a comida?

 

 

A mudança de estilo de vida previne doenças, eleva a autoestima e
faz com que estejamos com a saúde em dia e de bem com o espelho.

 

Já pensou nos benefícios que você terá em adquirir hábitos mais saudáveis?

 

 

 

 

NUTRIÇÃO PRÉ E PÓS CIRURGIA BARIÁTRICA

 

O  acompanhamento nutricional é fundamental
para o sucesso da cirurgia e manutenção do peso a longo prazo.

 

 

Aprender a fazer escolhas e trocas saudáveis, consumir alimentos nutricionalmente adequados (mesmo em pequenos volumes), adaptar o cardápio diário às necessidades individuais são alguns dos objetivos para se prevenir as deficiências nutricionais e garantem o sucesso do tratamento. 

 

 

rro0004_imagens_015.jpg